Nos últimos dias, circulou nas redes sociais um áudio atribuído ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e ainda um imagem mostrando uma vacina para prevenir o coronavírus.

Em um quadro social complexo como o da pandemia do Covid-19, a internet mais uma vez é terreno fértil — e perigoso — para surgimento e proliferação de notícias falsas sobre o vírus.

Atentos a essa questão, professores da UFRN atuam e dão orientações para evitar as notícias falsas, ou fake news, que circulam principalmente em redes sociais.

Leia Mais

Categorias: Informativos